" Ensinar é um exercício de imortalidade.De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra o professor,assim,não morre jamais..."

Rubem Alves

♥COMUNICADO IMPORTANTE♥

Olá,pessoal tem muitas pessoas nos pedindo os calendários de todos os meses de 2017 ,isso não vai ser possível pois fazemos um mês antes do outro ,para fazer inteiro torna-se muito cansativo e é muito trabalhoso ,temos também outros compromissos ok ,mas fiquem tranquilos pois estaremos fazendo os calendário antes ,um abraço a todos.

Páginas

sábado, 18 de dezembro de 2010

Gênero-Provérbios

Provérbios: sabedoria através de frases populares

Os provérbios são ditos populares (frases e expressões), que transmitem conhecimentos comuns sobre a vida. Muitos deles foram criados na antiguidade, porém estão relacionados a aspectos universais da vida, por isso são utilizados até os dias atuais . É muito comum ouvirmos provérbios em situações do cotidiano. Quem nunca ouviu, ao fazer algo rapidamente, que “a pressa é a inimiga da perfeição”. Os provérbios fazem sucesso, pois possuem um sentido lógico. A maioria é de criação anônima. O provérbio é fácil de decorar e transmitir em função de seu formato simples, curto e direto. Falam sobre diversos assuntos e fazem parte da cultura popular da humanidade. Encontramos provérbios para praticamente todas as situações de vida.

Alguns provérbios populares:

· Dai a César o que de César e a Deus o que de Deus.
· Quem com ferro fere, com ferro será ferido.
· Mais vale um pássaro na mão do que dois voando.
· A pressa é a inimiga da perfeição.
· Cavalo dado não se olha os dentes.
· A ocasião faz o ladrão.
· Quando um não quer, dois não brigam.

Os provérbios podem substituir a moral da fábula. Geralmente passados de geração a geração.
-Fábula "A Coruja e a águia" Provérbio: "Quem ama o feio, bonito lhe parece."
-Fábula "A galinha dos ovos de ouro" Provérbio: "Quem tudo quer, nada tem."
-Fábula "A raposa e as uvas" Provérbio: "Quem desdenha, quer comprar."


-A Galinha e os Ovos de Ouro (Esopo)

Um camponês e sua esposa possuíam uma galinha que todo dia sem falta botava um ovo de ouro. Supondo que dentro dela devia haver uma grande quantidade de ouro, eles a mataram para que pudessem pegar tudo de uma só vez. Então, para sua surpresa, viram que a galinha em nada era diferente das outras galinhas. Assim, o casal de tolos, desejando enriquecer de uma só vez, acabam por perder o ganho diário que já tinham assegurado.
Moral da História:
Quem tudo quer acaba ficando sem nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...