" Ensinar é um exercício de imortalidade.De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra o professor,assim,não morre jamais..."

Rubem Alves

♥COMUNICADO IMPORTANTE♥

Olá,pessoal tem muitas pessoas nos pedindo os calendários de todos os meses de 2017 ,isso não vai ser possível pois fazemos um mês antes do outro ,para fazer inteiro torna-se muito cansativo e é muito trabalhoso ,temos também outros compromissos ok ,mas fiquem tranquilos pois estaremos fazendo os calendário antes ,um abraço a todos.

Páginas

sábado, 18 de dezembro de 2010

Gênero- Fábulas

FÁBULAS

É uma narrativa alegórica cujas personagens geralmente são animais colocados sob um perspectiva de ação humana, ou seja, falam e agem como seres humanos. Desde tempos remotos, esse gênero textual tem como objetivo a transmissão de preceitos morais.
A fábula, normalmente, usa a narrativa breve, em verso ou prosa. O conflito entre os personagens determina a ação e o desfecho (como em qualquer narrativa), porém, aqui, o desfecho é seguido de uma observação de conteúdo moral ou pedagógico.

ORIGEM:
As fábulas já eram contadas na Suméria no século XVIII a. C. Elas foram aperfeiçoadas pelo grego Esopo em meados do século VI a. C. e, mais tarde, século I d. C., o escravo romano Fedro (Caio Júlio) enriqueceu o estilo.Intensas modificações sociais e históricas possibilitaram o surgimento de pensadores interessados nas fábulas que circulavam entre o povo: “Alegorias inspiradas num misto de dizeres populares e narrativas históricas” que comentavam satiricamente a sociedade. No século XVIII, La Fontaine resgatou o valor das fábulas a partir dos modelos latinos e orientais, introduzindo a obra do indiano Pilpay no Ocidente. Desde então, a fábula ganhou status de literatura. Mas, fora desse contexto oficial, as fábulas foram sendo recontadas, ampliadas e modificadas de acordo com os diferentes contextos sociais e históricos e estão presentes até hoje na “boca do povo”.

PERSONAGENS:
Em geral, animais que pensam, sentem e agem como os homens.
São verdadeiras personificações do ser humano.
- A RAPOSA: Símbolo de astúcia, esperteza
- O LEÃO: Símbolo de força, majestade, poder
- O TOURO: Símbolo de força
- O LOBO: Símbolo de poder, domínio, malvadeza
- A FORMIGA: Símbolo de perseverança, tranqüilidade, paciência
OBJETIVO:
As fábulas usam a ironia e a crítica para nos passar uma mensagem moral. Os animais se comportam como se fossem humanos, com seus defeitos e virtudes e, vivem situações que nos permitem refletir sobre o certo e o errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...