" Ensinar é um exercício de imortalidade.De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra o professor,assim,não morre jamais..."

Rubem Alves

♥COMUNICADO IMPORTANTE♥

Olá,pessoal tem muitas pessoas nos pedindo os calendários de todos os meses de 2017 ,isso não vai ser possível pois fazemos um mês antes do outro ,para fazer inteiro torna-se muito cansativo e é muito trabalhoso ,temos também outros compromissos ok ,mas fiquem tranquilos pois estaremos fazendo os calendário antes ,um abraço a todos.

Páginas

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Baralho de Números

Objetivos
Produzir números com quatro algarismos. Comparar os números formados, verificando qual o menor número com quatro algarismos. Saber fundamentar sua produção apoiando-se em números conhecidos. Elaborar argumentos para apoiar suas produções numéricas e as de seus colegas.
Planejamento
Quando realizar? Ao longo do semestre.
Como organizar os alunos? Em duplas.
Quais os materiais necessários? Folhas de cartolina para que os alunos possam
confeccionar as cartas; cópias da regra para as duplas.
Qual é a duração? Cerca de 40 minutos.
Encaminhamento
Inicialmente, oriente a confecção das cartas pelos próprios alunos ou forneça uma cópia do modelo para ser recortada. Leia a regra do jogo junto com os alunos e certifique-se de que todos a compreenderam. Combine com a turma uma forma de registrar os números sorteados e os números falados em cada rodada. Esses registros poderão ser úteis em outras aulas, para você criar situações-problema que propiciem a análise dos números. O importante é que os alunos com mais experiência na formação de números possam dar pistas aos colegas que ainda não têm tanto conhecimento sobre o valor posicional. É uma forma de ajudar os menos experientes a fundamentar suas produções numéricas, conceituando algo que, num primeiro momento, era um simples registro. Por exemplo: se as cartas viradas entre os dois participantes forem 2, 4, 5 e 2, o menor número que poderia ser formado seria 2245. Para concluir isso, um aluno precisa saber que o primeiro 2 representa 2000, o outro 2 representa 200, o 4 representa 40 e o 5, a unidade. Se qualquer um desses outros números sorteados fosse colocado na unidade de milhar, iria formar um número maior – 4 mil ou 5 mil. Essa tomada de decisão representa um conhecimento imprescindível à compreensão do valor posicional dos números naturais.
Guia de Planejamento
Ao circular entre os alunos, proponha-lhes perguntas para que explicitem o que pensaram para decidir qual número é menor que outro. A troca de informações é útil para dar pistas às crianças que ainda não compreenderam o funcionamento do sistema de numeração.
Este jogo dá margem a inúmeras variações – veja algumas sugestões a seguir. E dê liberdade aos alunos para que, à medida que forem se familiarizando com a atividade, sugiram variações e alterações das regras, que poderão ser testadas por todos.
Material: 2 baralhos com cartas contendo números de 0 a 9 e uma carta curinga.

Participantes: 2 jogadores.


Regra do jogo
Cada um dos dois alunos recebe 11 cartas, que deve embaralhar e deixar diante de si, com a face para baixo, no centro da mesa. Os dois jogadores viram, ao mesmo tempo, duas cartas do monte que têm diante de si. Quem disser primeiro o menor número formado pelos quatro algarismos ganha as quatro cartas. Ganha o jogo quem tiver a maior quantidade de cartas ao final de quatro rodadas. O curinga substitui qualquer carta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...